Aluna de nove anos cai em buraco de esgoto em Cuiabá

A estudante Nicole, de 9 anos, aluna da Escola Estadual Santos Dumont, antiga Polivalente, no bairro Dom Aquino, em Cuiabá, caiu em um buraco de cerca de 1 metro e 80 centímetros, durante horário recreativo, e por pouco não afogou no esgoto.

Nicole ficou com o corpo todo submerso no esgoto até a altura do pescoço por alguns minutos.

“Não afogou porque segurou, por impulso, em um ramo de capim”, conta a mãe dela, Joanice Amorin Silva, 35, que está indignada com a situação e pede providências para que isso não ocorra com outras crianças.

Ela vê negligência. O buraco fica em uma área próximo à escola, que não é murada, para onde as crianças da turma de Nicole foram levadas na última sexta-feira (9) no horário da aula de Educação Física, por volta de 10 horas da manhã.

“Como estão sem professor de educação física, ficaram brincando nesse lugar que chamam de quadra, mas não passa de um terreno baldio, cheio de capim e só”, reclama Joanice.

Narra a mãe que durante a recreação a filha dela caiu no buraco e “a coleguinha” foi correndo chamar o professor mas até ele chegar a menina tinha dado um jeito de sair por conta própria.

Leia mais…

Detran emite credencial para vaga especial de idoso e pessoa com deficiência gratuitamente

Vagas para idosos e deficientes

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) disponibiliza, gratuitamente, a credencial para identificação do veículo de idoso e de Pessoa com Deficiência (PcD) para utilização de vagas especiais, conforme disposto nas Resoluções 303 e 304 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A autarquia emite a credencial para pessoas que residem em municípios que ainda não estejam integrados ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT). Em Mato Grosso, apenas 24 municípios estão integrados.

De acordo com a gerente de Exames de Saúde do Detran, Nibsã Bruna, as pessoas com idade igual ou superior a 60 anos podem preencher o requerimento disponível no site do Detran ou nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) e apresentar cópias legíveis de RG, CPF e CNH, se for habilitado,  bem como o comprovante de endereço. O requerimento com as cópias deve ser protocolado na própria Ciretran, que enviará a documentação para a Gerência de Exames de Saúde, na sede da autarquia, em Cuiabá.

Para a Pessoa com Deficiência, a gerente diz que o procedimento é um pouco diferente. Neste caso, a pessoa deve preencher o requerimento, apresentar cópias legíveis de RG, CPF,  se for motorista deve apresentar também a CNH com a limitação física, e laudo médico emitido pelo Detran com data inferior a um ano.

“Se não for motorista deve ser apresentado o atestado médico original ou cópia autenticada, com data de emissão inferior a dois meses, comprovando a deficiência ou a mobilidade, com o CID da patologia, descrição do quadro físico, nome, assinatura e número no Conselho Nacional de Medicina do médico”, explica a gerente.

Para ter validade, deve ser apresentado documento original da autorização concedida por meio da credencial. A orientação é que seja colocado sobre o painel do veículo, com a frente voltada para cima. Além disso, deve ser apresentado à autoridade de trânsito ou aos agentes, sempre que solicitado.

A credencial de autorização poderá ser recolhida e o ato suspenso ou cassado, a qualquer tempo, a critério do órgão de trânsito, especialmente se verificada irregularidade quanto à utilização.

É proibido o empréstimo do cartão a terceiros, o uso de cópia do cartão, o porte do cartão com rasuras ou falsificado e uso do cartão com a validade vencida. A autorização somente é válida para estacionar nas vagas devidamente sinalizadas com as legendas “Idoso” ou “PcD”. Todas as orientações para utilização estão descritas no verso da credencial de autorização.

Cleide Dantas | Detran-MT

Bairro ABANDONADO em Várzea Grande grita por socorro

joaquim-curvo-vg6

Muita poeira, ruas sem asfaltos e cheias de buracos, lotes sujos e abandonados que facilitam a proliferação de mosquitos da dengue, falta de saneamento. Esta é a realidade do bairro Joaquim Curvo em Várzea Grande, que fica localizado atrás da Univag, próximo a avenida Aurilia Salles Curvo e Noize Curvo.

joaquim-curvo-vg2

joaquim-curvo-vg3

joaquim-curvo-vg4

Coloiado Food Park, estacione na calçada e seja feliz

colo

De terça a domingo é assim, veículos estacionados em locais proibidos além de parar descaradamente na calçada, pois o local não oferece estrutura para a quantidade de pessoas que frequentam o novo “point” da cidade, o Coloiado Food Park, localizado na Av Tancredo de Almeida Neves, famoso “Córrego do Barbado”.

Os “flanelinhas” cobram 10 reais para “cuidar” do seu carro que fica do lado de fora, uma verdadeira zona de carros e motoristas mal educados.

Denuncias já foram feitas tanto na polícia, quanto na Semob para verificarem o caos da situação, mas ainda nada fizeram, segundo afirma morador da região:

já presenciei dois acidentes ali por conta disso. Já fiz várias denúncias, tanto na polícia quanto na smtu para os amarelinhos.. mais ninguém faz nada. Nunca vi os amarelinhos nessa região.

FullSizeRender (1)

Mulher pega placa e cones de obra pública para usar em buraco que havia caído

placa-de-buraco

Uma passageira foi flagrada dentro de um micro-ônibus coletivo com uma placa de sinalização e dois cones de uma obra pública, enquanto seguia viagem nesta segunda-feira (18) pela Avenida Historiador Rubens de Mendonça (CPA), em Cuiabá. Passageiros que viram a cena disseram que a mulher estava alterada e dizia que havia furtados os materiais para colocar em um buraco. Ela alegou que sofreu um acidente e quebrou o braço ao cair nesse buraco.

A Prefeitura de Cuiabá informou que desconhece a situação. Porém, vai verificar o caso e tenta ver, junto com os funcionários da obra, se alguém presenciou o momento em que a mulher retirou os objetos do local.

Um dos passageiros, o estudante de direito Amador Nunes, disse que a mulher embarcou no ponto de ônibus perto da Federação das Indústrias no estado de Mato Grosso (FIEMT), na Avenida do CPA. Existem algumas obras públicas de pavimentação e recuperação de asfalto naquela região. O ônibus, da linha 313, seguiu para o Centro de Cuiabá.

“Ela embarcou com essa placa e os dois cones de sinalização falando que pegou porque ia colocar na frente de um buraco. Estava gritando, dizendo que havia quebrado o braço [nesse acidente]. Ela poderia ter passado por isso, mas existem outros meios de se resolver [o problema]”, disse o estudante.

Conforme os passageiros, a mulher estava alterada e nervosa. O estudante disse que o motorista do veículo não tentou impedir o embarque da mulher, muito menos interferiu na situação durante o trajeto. Segundo o estudante, a mulher desembarcou, com os materiais, no Centro de Cuiabá. Ela não foi localizada.

Fonte: G1/MT

Bebidas espalhadas e vidro trincado na arena Pantanal

arena

A Arena Pantanal que neste fim de semana foi espaço para shows de diversas bandas,  amanheceu com esta situação lamentável, garrafas de vodkas espalhadas pelo chão e a parede divisória de vidro trincado.